domingo, 15 de janeiro de 2012

blá blá blá blá


Depois de atender um cliente, este começa a falar da crise, começa a explicar a situação em que o país se encontra, e remonta desde a primeira guerra mundial.
Ele falou das guerras, da ditadura, dos políticos pós 25 de Abril e dos de agora, dos nossos gestores….etc.etc.e tal.
Eu a ver o tempo a passar, os outros clientes quase que me fuzilavam com os olhos e o senhor continuava.
Comecei a tentar enviar recados aos meus colegas para me salvarem, e nada.
Até que por fim, depois de mais de meia hora, um colega se apercebeu da situação e chamou-me ao telefone.
Como não estou sempre na mesma loja, não conhecia este cliente, mas os meus colegas todos o conheciam, e pelos vistos é sempre assim cada vez que cá vem.
Penso ser daquelas pessoas que devem se sentir muito sozinhas e aproveitam qualquer coisa para conversar. Nós apanhamos muitos clientes destes, mas este em particular era demais.




2 comentários:

  1. Agora sou eu q também me rejo nos teus relatos :)

    ResponderEliminar
  2. como eu digo, dois universos tão diferentes mas tão iguais.

    ResponderEliminar